Perguntas e Respostas do Mestrado Profissional em Economia e Finanças

  1. "Mestrado Profissional" é a designação do Mestrado que enfatiza estudos e técnicas diretamente voltadas ao desempenho de um alto nível de qualificação profissional. Esta ênfase é a única diferença em relação ao acadêmico. Confere, pois, idênticos grau e prerrogativas, inclusive para o exercício da docência, e, como todo programa de pós-graduação stricto sensu, tem a validade nacional do diploma condicionada ao reconhecimento prévio do curso (Parecer CNE/CES 0079/2002).

  2. 2 anos divididos em 8 trimestres.

  3. A carga horária total é de 675 horas.
  4. Economia Empresarial, Finanças, Economia de Infraestrutura, Regulação e Avaliação de Políticas Públicas, Ciência de Dados aplicada à Economia e Economia da Energia.
  5. Semestralmente.
  6. O MFEE não oferece bolsas de estudo, porém há descontos com empresas conveniadas e ex alunos da FGV.
  7. O candidato deve entrar no link de inscrição disponível na página, preencher seus dados e anexar seus documentos como orientado no Edital.  Sim, há uma taxa de inscrição
  8. Este ano ocorrerá online, pela plataforma zoom.
  9. As aulas do Mestrado Profissional serão flexibilizadas pelo formato híbrido, através de novas metodologias de ensino, podendo o aluno assistir às aulas presencial ou remotamente.
  10. Não é necessário, seu trabalho de dissertação será elaborado com as ferramentas que serão ensinadas e aplicadas no curso
  11. Sim, um Professor Doutor da Escola. As disciplinas finais do curso - Orientação à Dissertação I e II irão orientar nesta escolha e metodologia.
  12. O prazo para a defesa é de 24 meses a partir da data da matrícula.
  13. O aluno será desligado do curso, podendo reingressar no prazo de três anos.
  14. Sim. O MFEE é um Mestrado Profissional (stricto sensu) homologado pelo CNE (Reconhecido pela Portaria nº 656 de 22/05/2017, publicada no D.O.U. em 23/05/2017).
  15. O MFEE concede diploma de Mestre em Economia Empresarial e Finanças aos seus graduados.
  16. Não há alunos especiais no MFEE. Todos os candidatos devem passar pelo processo seletivo em igualdade de condições. Porém, se pode cursar disciplinas como aluno avulso, submetendo a uma entrevista com a Coordenação da Escola.
  17. O aluno matriculado que já tiver cursado disciplinas em cursos de mestrado ou doutorado (stricto sensu), poderá solicitar à secretaria do MFEE reconhecimento e equivalência destas disciplinas. Os pedidos serão avaliados caso a caso.
  18. Sim, o curso admite graduados de outras áreas de conhecimento desde que sejam aprovados no processo seletivo.

  19. Não.

  20. É aceito o TOEFL ou certificados de conclusão de curso de inglês. Em último caso, o candidato poderá apresentar uma declaração de que está apto a cursar um mestrado, que conta com 70% da bibliografia na língua inglesa. Neste caso, sua fluência poderá ser testada na entrevista pessoal com a banca selecionadora.
  21. A prova é constituída de questões quantitativas e analíticas objetivas. Porém, se pode apresentar resultados de provas externas.
  22. Dois anos a partir da data de realização da prova.
  23. O GMAT - Graduate Management Admission Test - é um tipo de exame vestibular internacional para o ingresso em escolas de administração. Consta de provas de matemática, raciocínio crítico, redação, suficiência de dados e interpretação e correção de textos. O teste é todo em inglês. Visite o site http://www.gmat.org.

  24. O GRE - Graduate Record Examinations - é um tipo de exame vestibular internacional para o ingresso em programas de PhDs em universidades norte-americanas. Consta de provas quantitativas, verbais e analíticas. O teste é todo em inglês. Visite o site http://www.gre.org.
  25. Sim, a classificação no processo seletivo se dá na média da nota das provas, análise de currículo e entrevista.
  26. É extremamente necessário.
  27. Embora seja um mestrado profissional, é recomendável que o aluno trabalhe com pesquisas que que ajudem o desenvolvimento nacional. A FGV tem centros de pesquisa de ponta que auxilie os alunos.
  28. Sim e pode aplicar para todos os programas de Doutoramento.
  29. Sim, após o primeiro ano de curso o aluno pode aplicar para universidades conveniadas do exterior para cursar disciplinas eletivas que complementem seu aprendizado na sua pesquisa, para isso ele já deve ter definido seu tema de dissertação e orientador.