Usar a redução da mistura álcool anidro a gasolina de 25 para 20% não deve afetar diretamente o preço do combustível ao consumidor