EPGE promove palestra com professor de Harvard sobre rentabilidade futura do mercado acionário

A EPGE e a Mellon Global Capital – Brasil promoveram, no dia 30 de julho, palestra com um dos maiores expoentes do mundo acadêmico de finanças: o professor John Campbell, da Universidade de Harvard. A palestra versou sobre o excesso de retorno esperado de um índice amplo de ações sobre títulos seguros de renda fixa, denominado “prêmio das ações”, nos dias de hoje. Historicamente este valor tem sido de 5,5% para os EUA e de 4,7% para o mundo. Mas é improvável que os valores históricos se mantenham. Segundo o professor Campbell, o prêmio das ações deve se reduzir: uma estimativa razoável é de 3,6% para os EUA e 3,2% para o mundo. Estes números levam em consideração os altos preços atuais das ações em relação aos lucros correntes e a um provável aumento histórico da lucratividade das empresas. Ao final da sua palestra, o professor exemplificou o comportamento recente dos investidores institucionais com a alocação de ativos da Harvard Management Company, que gere a dotação da Universidade de Harvard, da qual faz parte do comitê gestor. A política de Harvard procura retornos médios altos em ativos que não tenham relação estreita com o retorno do mercado acionário americano. Esta política resultou em um aumento em aplicações que foram consideradas mais atrativas recentemente segundo estes dois critérios, como madeira e mercados emergentes.