Economistas do Nobel não têm soluções prontas para a crise: professor Aloisio Araujo para Veja Online