Bolsas de Graduação

Política de Bolsas de Estudos

Na provisão de bolsas de estudo e outros auxílios discentes, a EPGE dá ênfase não apenas ao mérito acadêmico, à força de vontade e à dedicação ao estudo de cada aluno, mas também, no contexto permitido pelas possibilidades da Escola, às suas necessidades materiais.

O objetivo, nesse último quesito, é permitir e fomentar a equidade de acesso. Visto de outra forma, o intuito é tentar não permitir que dificuldades materiais circunstanciais e idiossincráticas possam de alguma forma obstar o acesso ao ensino em nível internacional na área de economia daqueles que ao mesmo desejam se dedicar.

A modalidade/tipo de bolsa a ser concedida será analisada de acordo com os critérios e disponibilidade de recursos da Escola.

Os detalhes relativos à provisão de bolsas de estudo para 2021.1 podem ser obtidos no Edital.

  • Bolsas por mérito:

Independente da condição socioeconômica, terão direito a auferir bolsas integrais ou parciais os candidatos aprovados no Vestibular e ENEM, conforme quadro de classificação no processo seletivo escolhido:

  • VESTIBULAR: 1º ao 7º lugar – 100%
  • ENEM: 100% para os 3 (três) primeiros colocados com Média Aritmética das notas das provas objetivas e da redação igual ou superior a 800 (oitocentos) pontos.

*A manutenção das bolsas dependerá do desempenho acadêmico do aluno e do cumprimento dos critérios estabelecidos pela Escola.

Além das bolsas previstas para os candidatos aprovados no processo seletivo descrito no edital acima, há modalidades adicionais, tal como descrito abaixo:

  • Bolsa Restituível:

Concedida na forma de financiamento escolar, aos alunos do curso de Graduação que demonstrarem bom rendimento acadêmico e/ou necessidade econômico-financeira.

O percentual a ser concedido a cada aluno varia de 0% a 100% do valor das mensalidades do semestre escolar vigente, e será definido pela Comissão de Bolsas da FGV, com base na documentação apresentada pelo aluno requerente e disponibilidade de recursos da Escola.

O processo de restituição do valor financiado inicia-se no 60º mês após o ingresso no curso. E o valor do financiamento é corrigido pelo Índice Geral de Preços de Mercado (IGP-M), sem juros.  

  • Demanda Social:

Disponibilizadas de acordo com situação socioeconômica do requerente.

O percentual a ser concedido varia de 0% (zero) a 100% (cem por cento) do valor das mensalidades do semestre escolar vigente, e será definido pela Comissão de Bolsas da FGV.

As bolsas são semestralmente renováveis, mediante a solicitação formal do requerente, análise de desempenho acadêmico e critérios estipulados por cada curso.

  • Bolsas Adicionais:

Análise de desempenho acadêmico ao longo do curso.

Estas bolsas consistem de gratuidade parcial da mensalidade escolar e são concedidas no início de cada ano (mediante requerimento do aluno), com base no coeficiente de rendimento – CR acumulado do aluno.