ENADE

 

O QUE É O ENADE?
O Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (ENADE), que integra o Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (SINAES), é uma prova realizada a cada três anos, por curso, e que tem como objetivo avaliar o desempenho dos estudantes com relação aos conteúdos programáticos específicos do curso, assim como temas de conhecimentos gerais.

INFORMAÇÕES DA PROVA
A prova será aplicada no dia 25 de novembro de 2018, com início às 13 horas e 30 minutos (horário de Brasília).

Para mais informações, por favor, entre em contato:
enadeeco@fgv.br

PERGUNTAS FREQUENTES

Encontre a seguir as respostas às perguntas mais frequentes elaboradas para o exame de 2018 e que também oferecem informações gerais importantes para os alunos que realizarão o exame futuramente, assim como para todos aqueles que desejam compreender este processo de avaliação do MEC. Lembramos que algumas etapas do processo e critérios podem ser modificados a cada edição do exame. Atualizaremos as informações oportunamente, assim que o MEC as divulgar

1. Quais cursos participaram do ENADE em 2018?
Conforme a Portaria MEC nº. 501, de 25 de maio de 2018, serão avaliados pelo ENADE 2018 os cursos que conferem diploma de: - bacharel em: Administração; Administração Pública; Ciências Contábeis; Ciências Econômicas; Comunicação Social – Jornalismo; Comunicação Social – Publicidade e Propaganda; Design; Direito; Psicologia; Relações Internacionais; Secretariado Executivo; Serviço Social; Teologia e Turismo. Tecnólogo em: Comércio Exterior; Design de Interiores; Design de Moda; Design Gráfico; Gastronomia; Gestão Comercial; Gestão da Qualidade; Gestão de Recursos Humanos; Gestão Financeira; Gestão Pública; Logística; Marketing e Processos Gerenciais.


2. Quando será realizado o ENADE 2018?
A prova será aplicada no dia 25 de novembro de 2018, com início às 13 horas e 30 minutos (horário de Brasília).

3. O estudante inscrito deve comparecer à prova?
Sim. A participação do estudante selecionado no ENADE é condição indispensável ao registro da regularidade no histórico escolar, assim como à expedição do diploma pela IES. Em 2018, somente os estudantes concluintes participaram da prova, aplicada em 25/11/2018.

4. Qual a situação do estudante inscrito que não realizou a prova?
O estudante inscrito que não realizar a prova não poderá receber o seu diploma, enquanto não regularizar a sua situação junto ao ENADE, haja vista não ter concluído o respectivo curso de graduação (o ENADE é componente curricular obrigatório).

5. Como o estudante inscrito, que não realizar a prova, poderá regularizar sua situação junto ao ENADE?
Justificando a ausência ao INEP e sendo esta aceita ou participando da próxima edição do ENADE. O procedimento para envio da justificativa será divulgado pelo INEP após a realização do exame.

6. No caso de ausência e envio de justificativa o estudante está dispensado e com situação regularizada?
Não. O estudante somente será dispensado se o INEP aceitar a justificativa para a ausência, caso contrário o estudante fica em situação irregular e deverá ser inscrito na próxima edição do ENADE.

7. Quando é divulgada a dispensa obtida pelo envio de justificativa?
Normalmente, a divulgação da primeira Portaria com estas dispensas, publicada em Diário Oficial, ocorre 2 meses após a prova.

8. Quais provas o estudante irregular precisaria realizar caso seu curso não estivesse sendo avaliado?
Os estudantes ingressantes e concluintes em situação irregular inscritos nos termos da Portaria MEC nº. 501, de 25 de maio de 2018, serão dispensados da prova a ser aplicada em 2018 e sua situação de regularidade será atestada por meio de relatório específico a ser emitido pelo INEP.

9. Quando receberei a informação sobre o local de prova e impressão do cartão de informação do estudante?
A consulta individual ao local de prova e impressão do Cartão de Informação do Estudante será precedida pelo preenchimento do Questionário do Estudante.

10. Qual a importância de responder ao Questionário do Estudante?
O questionário faz parte da nota do Conceito Preliminar do Curso e seu preenchimento é obrigatório. O não preenchimento implicará situação de irregularidade junto ao ENADE 2018. É importante preencher cuidadosamente, selecionando a alternativa que corresponde ao que o estudante pensa. Evitar alternativas “sem informação”. Diante de dúvidas, procure o coordenador ou professores do curso.

11. Como acesso o questionário do estudante?
O acesso ao questionário do estudante é pela página do INEP: http://enade.inep.gov.br.

12. Quem já fez ENADE em outro curso, deverá fazer novamente?
Sim. Uma vez que o aluno preenche os requisitos de ingressante ou concluinte será inscrito e deverá participar do ENADE.

13. Quais são as implicações para a situação acadêmica dos ausentes que não tiveram suas justificativas aceitas?
O estudante fica impedido de colar grau até regularizar a sua situação junto ao ENADE.

14. O estudante que não comparecer será automaticamente inscrito pela IES na próxima edição do ENADE?
Os estudantes, ausentes em 2018, que não tiverem aceitas as suas justificativas, serão reinscritos automaticamente pela IES em 2019 com o status de “estudante irregular”, para que possam assim, regularizar a sua situação junto ao INEP/MEC.

15. Como o estudante acessa o Boletim de Desempenho Individual?
O aluno que faz o ENADE tem acesso ao Boletim de Desempenho Individual, disponibilizado no site do Inep após a divulgação dos resultados do exame, a cada ano. O resultado não é enviado para a residência do aluno, portanto fique atento ao site do INEP.

 

LEGISLAÇÃO
Legislação divulgada pelo Inep, relacionada ao ENADE 2018, publicada até o momento:

Lei nº 10.861, de 14 de abril de 2004
Institui o Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior – SINAES e dá outras providências.

Decreto nº 9.235, de 15 de dezembro de 2017
Dispõe sobre o exercício das funções de regulação, supervisão e avaliação das instituições de educação superior e dos cursos superiores de graduação e de pós-graduação no sistema federal de ensino.

Portaria MEC nº. 501, de 25 de maio de 2018
Estabelece o regulamento do Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes - Enade 2018.

Edital Enade nº 40, de 19 de junho de 2018
Dispõe sobre as diretrizes, os procedimentos e os prazos do Enade 2018, a serem cumpridos pelas Instituições de Educação Superior (IES) e pelos estudantes habilitados a essa edição do Exame.

 

Nas quatro avaliações do ENADE feitas pelo MEC desde 2006 (2006, 2009, 2012 e 2015), a EPGE obteve o primeiro lugar nacional em 2006 e 2015, desta forma se tornando a IES de economia com maior número de vezes em primeiro lugar no ENADE.

 

Na cerimônia de formatura de graduação da turma de 2016, o Diretor da FGV EPGE, Professor Rubens Penha Cysne, homenageou os alunos que realizaram o ENADE 2015:

Peça de Divulgação em PDF.

Depoimentos dos ex-alunos:

 

 

 

Fico muito feliz de ter, de alguma forma, contribuído para essa excelência acadêmica ter se mantido."

Ex-aluno de graduação
Vinicius Ramos Almeida

 

 

 

 

É nossa missão também como ex-aluno de levar, com essa chancela do ENADE e do MEC, o nosso conhecimento."

Ex-aluno de graduação
Maurício Rigoni

 

A EPGE compartilha com todos a notícia do seu primeiro lugar no Brasil no ENADE de economia, dentre quase 200 instituições que oferecem este curso no país. A classificação ENADE 2015 foi divulgada dia 08/03/2017 pelo Ministério da Educação (MEC).

Esta é uma conquista de todos e para todos os alunos da EPGE. Cumprimentamos em especial aqueles alunos, listados abaixo, que prestaram um exame nacional comum a todos os seus pares na área de economia, e trouxeram para si mesmos e para a Escola esta importante distinção:

  • Afonso Borsoi Neto
  • Alejandro Aviles
  • Alexandre Rossi Elias da Silva
  • Beatriz Vasconcellos de Araújo
  • Bruno Cuconato Claro
  • Bruno Siqueira Pereira da Silva
  • Caio Bibiani
  • Esdras Siqueira Beline
  • Felipe Diogo Camêlo
  • Flávia de Barros Falcão de Lacerda
  • Gabriel Jardim Pereira Pinto
  • Hugo Benicio Kamino
  • João Augusto Pereira Batista
  • Kátia Aiko Nishiyama Alves
  • Leonardo Baims Machado da Costa
  • Lucas Bittencourt de Lucena
  • Luiz Felipe de Marca Weitzel
  • Marcelo Orgler
  • Maria Eduarda Ferraz Freire
  • Mariana Reis Paiva Monteiro
  • Matheus Thompson Bandeira
  • Maurício Rigoni Carvalho
  • Rafael Pacheco Gomes
  • Renan Silva Coutinho
  • Roberto Grizzo Bosenberg
  • Roberto Teixeira da Cunha Junior
  • Rodrigo Zhou
  • Tiago Leandro Estevam Dias
  • Vinicius Levis
  • Vinicius Ramos Almeida
  • Vinicius Sampaio Corrêa