Apoio Institucional

A FGV/EPGE recebe apoio institucional de instituições de fomento e também de iniciativa privada. Esse apoio se dá em forma de custeamento de pesquisas e também através  bolsas de estudo aos alunos matriculados.

Encontram-se, elencadas abaixo, os órgãos e empresas que contribuem com a Escola:

CNPQ - Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico
O Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), agência do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI), tem como missão fomentar a Ciência, Tecnologia e Inovação e atuar na formulação de suas políticas, de tal forma a contribuir para o avanço das fronteiras do conhecimento, o desenvolvimento sustentável e a soberania nacional.

 

FAPERJ - Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro
A Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro – FAPERJ, vinculada à Secretaria de Estado de Ciência e Tecnologia, é o órgão executor da política de Ciência, Tecnologia e Inovação formulada pelo Governo do Estado.  Sua missão é contribuir para o estabelecimento de condições favoráveis ao desenvolvimento social brasileiro, através do estímulo a atividades nas áreas científica e tecnológica e apoio a projetos e programas de instituições acadêmicas e de pesquisa sediadas no Estado do Rio de Janeiro.

 

INCT - Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia
A missão do Instituto é usar a ciência econômica com intuito de reverter a carência de capital humano (educação) no Brasil de forma eficiente, sem desperdício de escassos recursos públicos. O aumento do capital humano no Brasil leva a mais desenvolvimento econômico e a mais inserção social das camadas menos favorecidas da população. 

Sob a Coordenação da FGV/EPGE - Escola Brasileira de Economia e Finanças, os recursos deste projeto são também canalizados para a FGV/EESP - Escola de Economia de São Paulo e para o UFC/CAEN - Universidade Federal do Ceará - Centro de Pós-Graduação em Economia.
 

PROEX - Programa de Excelência Acadêmica
O convênio atual estabelecido entre a FGV/EPGE e o Proex (Programa de Excelência Acadêmica) teve início em 2008. Com este recurso, a Escola financia bolsas de mestrado e de doutorado, além de apoiar o custeio com elaboração de dissertações, teses e fomentar o intercâmbio internacional dos discentes e docentes.

A FGV/EPGE, com o apoio do Proex, recebe com frequência a visita de professores provenientes dos principais centros internacionais, a fim de ampliar o processo de internacionalização da Escola. Ademais, o recurso disponibilizado ajuda no custeio das passagens e hospedagens dos alunos em congressos, seminários nacionais e internacionais.

 

BBM
O Banco BBM faz parte do grupo financeiro privado mais antigo do país, tendo sido fundado em 1858, e investe na formação profissional de excelência apoiando projetos acadêmicos por meio de bolsas de estudos para os estudantes da pós-graduação.